ASSASSINATO: Lisa Ziegert

Em 1992, um crime cruel em uma loja de presentes deixou a pequena cidade de Agawan, Massachusetts nos Estados Unidos, desesperada. Mas o que ninguém imaginava era que um assassinato violento como este ficaria impune por tanto tempo. Esse crime ficou sem solução por muito tempo, mas as autoridades policiais por fim conseguiram as evidências e provas que precisavam para descobrir sobre este predador cruel. Ouça agora aqui no site ou no Spotify, Deezer, ApplePodcasts, Google Podcasts ou na sua plataforma de áudio favorita.

 
 

Referências:


https://www.masslive.com/news/2019/09/lisa-ziegert-case-gary-schara-agrees-to-plead-guilty-in-1992-agawam-murder.html

https://www.masslive.com/news/2019/10/lisa-ziegert-killer-gary-scharas-confession-letter-i-was-fascinated-by-abduction-and-bondage-from-an-early-age.html

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-brasil/2020/12/10/camara-aprova-projetos-em-defesa-dos-direitos-das-mulheres.htm?cmpid=copiaecola


Siga-nos no Spotify e Instagram @crimemania.

Dúvidas e sugestões, envie um email para guriastudios@gmail.com

 

Crimes reais ou true crime é um gênero cada vez mais presente no Brasil e no mundo. O termo significa algo como “crime de verdade” ou “crime real”, mas costuma ser utilizado em inglês mesmo, sem ser traduzido. Assassinatos, desaparecimentos, mistérios, serial killers, predadores e tantos outros crimes são abordados no gênero. Diferente de filmes e livros baseados em histórias reais, a intenção do true crime é trazer casos verdadeiros, falar dos detalhes dos crimes e também sobre as investigações. Esse estilo de não-ficção atrai cada vez mais fãs, mesmo que o tema aborde atrocidades, crimes hediondos e finais não felizes. Os títulos de true crime acompanham casos reais e não apenas “baseado em fatos reais”: eles fazem parte de um gênero literário e cinematográfico de não-ficção no qual o autor examina um crime real e detalha as ações de pessoas verdadeiras. O conteúdo dessas obras é, em sua maioria, jornalístico: entrevistas, áudios de processos, gravações de tribunais, cobertura da imprensa dos crimes e outros. Uma tendência deste tipo de produção é a de dar voz aos criminosos e acusados, mas em nosso podcast a ideia é dar voz às vítimas. Queremos que os inocentes tenham voz, por isso contamos o lado delas ao invés de dar voz aos assassinos. O crime mais comumente retratado é o de assassinato. A abordagem varia entre análise do perfil do criminoso, o desenrolar do caso – com detalhes sobre as investigações – explicação do método do criminoso, e até mesmo equívocos que possam ter acontecido no processo de análise do crime. Aqui contamos a história da vítima, seu passado, sonhos e aspirações. E todo o trajeto de sua vida até ter um destino fatal. Como se trata da vida real, há casos que não apresentam nenhuma solução concreta. O maior compromisso de um conteúdo true crime, portanto, é expor as histórias e depoimentos daqueles envolvidos, e deixar que o ouvinte tire suas conclusões. Se você ama esse gênero, está no lugar certo. O Crime Mania veio para te trazer casos inimagináveis, curiosos, estranhos e muitas vezes cruéis. Ouça todos os nossos episódios agora no Spotify, aqui no site ou na sua plataforma de áudio favorita. E segue a gente no Instagram: @crimemania.


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo